Raquel Rodrigues

Eu sou empreendedora, curiosa, criativa, escritora, palestrante, facilitadora e networker
por vocação.

Sobre minha decisão de ter uma vida ótima

raquel rodrigues saltando

Há cerca de 1 ano fiz essa escolha!

Decidi ter uma vida ótima. Então, quando alguém me pergunta se está tudo bem, respondo “tudo ótimo!”, e se alguém quer saber como estou, digo logo “estou ótima!”. E algumas pessoas têm me questionado como pode ser isso.

Por duas simples razões:

  1. Quando olho a minha volta, percebo que não tenho problemas e, consequentemente, não tenho do que reclamar. Sou apaixonada pela vida, saudável, engajada, trabalhadora, me considero inteligente, tive oportunidade de estudar e continuo estudando, estou me dedicando ao que gosto de fazer, consigo recursos e tempo para mim, tenho onde morar, o que vestir, comer e beber. Tenho uma família linda, amigos queridos e uma preciosa rede de contatos, aos quais posso dar mais atenção.
  2. Eu escolhi assim porque posso. Todos nós temos o poder da escolha. O medo e a insegurança existem, eventualmente posso me aborrecer, chatear ou sentir tristeza. Mas, como o amor e a alegria, o ótimo pode ser incondicional. Independentemente de qualquer coisa, minha vida continua ótima.

É como desenvolver um novo hábito. No começo é preciso pensar sobre, praticar e manter o foco. Com o tempo vai ficando mais fácil e o estado preenche corpo, fortalece a alma. Muitas vezes reparo as pessoas me olhando porque ando sorrindo na rua.

Maravilha, que bom pra mim! E daí?

Daí que se uma mera mortal como eu consegue, você também pode. E quero deixar claro que não é papo zen, de autoajuda ou motivacional para você vencer a crise e ter sucesso, nem estou minimizando os desafios, dificuldades e dores diários.

É uma questão de mentalidade e disposição para:
O autoconhecimento. Desvendar qual é o seu caminho do ser e do fazer para ter, primeiro o necessário para depois gerar abundância. Estou na fase de viver o necessário.
A aceitação. Entender que está tudo na sua mente e observá-la com cuidado para avaliar suas crenças em relação aos seus desejos e desbloquear pensamentos e sentimentos que possam atrapalhar. Treino minha mente todos os dias.
A decisão. Em se manter firme e presente, mesmo que não te entendam e julguem, buscando apoio se necessário. Tive muita ajuda para começar meu processo.
A celebração. Comemorar cada conquista, cada pensamento ou sentimento negativo que deixou de lado e, com isso, manteve a calma para enfrentar uma situação, aproveitou com alegria o resultado e o aprendizado. Meu coração é uma festa.
A generosidade. Contribuir com alguém ou causa, de forma verdadeira, faz a roda da reciprocidade girar. Estamos vivendo um momento extremamente colaborativo que proporciona experiências surpreendentes. Esse texto é uma maneira de retribuir e quero deixar você à vontade para me perguntar o que quiser.

E depois? Aproveite bastante e tenha a certeza de que o ótimo é só o começo. Ainda podemos escolher o excelente, o incrível ou o extraordinário que fizer sentido para nos sentirmos amando, vivos e felizes.

Acredite! E #tamojunto